A diretoria da Signis reúne-se em São Paulo nos dias 22, 23 e 24 para diferentes reuniões com os setores de televisão, educomunicação, rádio, impressos, portais, setor jovem e Diretoria.
 

O objetivo dos encontros é avaliar os projetos desenvolvidos no ano de 2018 com o formato de coordenações de setores. O presidente João Carlos Romanini, diz que este ano, a Signis BR implementou o modelo de gestão, “queremos prospectar o surgimento de novas lideranças internas, por isso, a diretoria da entidade pensou em projetos estratégicos, organizados em setores de comunicação, que caminhem de forma autônoma, porém em comunhão com o projeto idealizado pela gestão atual”, explica o presidente.


O setor de rádio, com a RCR, vai analisar as mudanças realizadas, a partir da migração do Rádio para o FM e discussão para andamentos de projetos que comemoram já mais de 20 anos, como o Jornal Brasil Hoje, sua modernização e novas propostas. Os impressos terão um dia interior de discussões para partilha e prospecção de novas pautas conjuntas. A Signis também irá organizar o setor de Juventude, que se propõe ser uma nova frente com jovens jornalistas. Ainda as Televisões avaliam os desenvolvimentos dos projetos.
 

Serão tratados ainda a celebração dos 90 anos da Signis, a Jornada mundial da Juventude, e o suporte para a comunicação para a Amazônia, Repam, entre outros assuntos. Segundo o presidente, está se planejando um encontro de formação para 2018, que serão ainda definidos.