O missionário Redentorista, padre Antônio Niemiec é o novo secretário nacional da Pontifícia União Missionária. O anúncio foi feito na manhã de quinta-feira, 19 de outubro, pelo padre Maurício da Silva Jardim, diretor das Pontifícias Obras Missionárias (POM). O padre deverá assumir o cargo no início de 2018 para um mandato de quatro anos.

Padre Antônio é mestre em teologia bíblica pela Pontifícia Universidade Gregoriana em Roma, Itália (2001). Foi superior da Vice-Província Redentorista da Bahia (2002-2010). Desde 2013 ocupa o cargo de coordenador do Conselho Missionário Regional (Comire) Nordeste 3 (Bahia e Sergipe). Atualmente é também assessor de pastoral do mesmo Regional e professor da Sagrada Escritura na Faculdade de São Bento da Bahia, em Salvador.

Em entrevista à assessoria de imprensa das POM, padre Niemiec fala sobre a sua nova missão.
Antes de tudo, foi uma surpresa o convite para assumir essa responsabilidade. Como missionário Redentorista, sempre vivi e atuei no Nordeste do Brasil, onde me senti em casa. Mas, Deus nunca nos deixa acomodados. Ele sempre vai nos desinstalando, nos fazendo sair e aumentando as exigências. Por isso, me sinto desafiado mais uma vez e me desinstalar. E sei que não será coisa fácil a responsabilidade que devo assumir. Diante do novo, sentimos sempre um pouco de receio, de insegurança devido às limitações e incapacidades.

Mas, diante desse desafio, o que me anima são alguns fatores: vamos dar continuidade ao que os outros iniciaram. Não precisamos abrir caminhos, inventar. A própria Pontifícia União Missionária existe há mais de 100 anos e sua atuação tem o reconhecimento de todos. Nos últimos anos, no Brasil, a Obra ganhou bastante visibilidade, graças às iniciativas e à paixão pela missão dos últimos secretários, o padre Sávio Corinaldesi, SX, e o padre Jaime C. Patias, IMC.

Como pretende trabalhar na Equipe da Direção das POM?
Vou trabalhar em comunhão com o diretor nacional das POM que é um missionário de convicção e aberto à colaboração. Vou trabalhar também, em comunhão com outras Obras, especialmente com a Pontifícia Obra da Propagação da Fé (POPF) e a Infância e Adolescência Missionária (IAM). O Conselho Missionário de Seminaristas (Comise) Nacional ajudará a dar continuidade aos processos iniciados. O trabalho em equipe ganha mais força, dá mais resultado, expressa melhor aquilo que a Igreja deve ser na vivência da sinodalidade. O atual contexto eclesial, graças ao pontificado do papa Francisco, evidencia e favorece a missão.

Quais as suas expectativas nesse trabalho?
Vejo-me, antes de tudo, como um aprendiz. Quero me colocar em atitude de escuta e aprender com os que têm muito mais experiência. Quero estar aberto aos sinais dos tempos e às pessoas com as quais vou colaborar para ter um discernimento adequado antes de agir.

Pretendo dar continuidade na concretização dos projetos e das decisões contidos no Plano Trienal de Ação dos Conselhos Missionários de Seminaristas (Comises). O Plano visa formar nos seminários vocações verdadeiramente missionárias. Creio muito no potencial dos jovens e estou convicto de que os seminaristas hoje e presbíteros amanhã podem contribuir muito na formação de uma mentalidade mais missionária.
Um dos objetivos da Pontifícia União Missionária é “suscitar e apoiar iniciativas de formação missionária para presbíteros”. Por isso, vamos empreender esforço para que a missão faça parte do processo de formação contínua dos presbíteros. Tendo em vista o serviço que devo assumir e reconhecendo minhas limitações, peço a todos apoio e orações.

Biografia
Padre Antônio Niemiec nasceu em Libusza, na Polônia, no dia 12 de setembro de 1963. Entrou na Congregação dos Missionários Redentoristas em 1983, na Polônia onde estudou filosofia. Veio ao Brasil ainda seminarista, em 1988 e estudou teologia no Instituto de Teologia da Universidade Católica do Salvador, em Salvador (BA). Fez sua profissão perpétua no dia 1 de agosto de 1990, em Bom Jesus da Lapa (BA) e foi ordenado diácono no dia 8 de dezembro de 1990 em Salvador (BA). A sua ordenação presbiteral aconteceu no dia 21 de julho de 1991, em Bom Jesus da Lapa.

Ministérios exercidos
Vigário paroquial, na paróquia da Ressurreição do Senhor, em Salvador, 1992; formador de seminaristas da teologia, em Salvador, 1992-1996; superior nas casas de formação, em Salvador, 1992-1996; membro da equipe responsável pelos Missionários Redentoristas Leigos, 1993-1997; membro da Equipe Itinerante das Missões Populares Redentoristas, 1997; coordenador do Centro Missionário Redentorista, em Salvador, 2011-2013; professor da Sagrada Escritura no Instituto de Teologia, em Ilhéus-BA, 2003-2010; professor da Sagrada Escritura no Instituto de Teologia da Universidade Católica do Salvador, em Salvador, 2014-2015; membro da Comissão Nacional das Equipes Missionárias Redentoristas, 2016-2017.

(Texto da Equipe POM)