O presidente da ABERT, Paulo Tonet Camargo, participa, no dia 8 de agosto, de audiência pública da Comissão de Educação do Senado a fim de debater o projeto que prevê a criação da Semana Nacional de Valorização da Vida.

 

O objetivo é chamar a atenção para o crescimento de suicídios no Brasil. A ideia é que a nova data anteceda o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, em 10 de setembro.

 

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a cada 45 minutos, uma pessoa comete suicídio no país. O Brasil assume a colocação de 8º país no ranking mundial de suicídios, com mais de 11,6 mil casos por ano. Segundo a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), 95% dos casos podem ser prevenidos por estarem relacionados a causas como depressão.

 

Tonet fará uma breve apresentação reforçando os motivos e a importância de o suicídio ser alertado à população, além de demonstrar formas de tratar o assunto pela mídia em geral. “Os meios de comunicação como rádio e televisão são fortes fontes de informações que podem ajudar a combater essa triste realidade”, afirma.

 

 

Signis Brasil/ABERT