A Missão Paz, atendendo ao pedido do Alto Comissariados das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR) colocou-se à disposição para acolher 40 migrantes venezuelanos e venezuelanas que se encontram em Boa Vista (RO) a partir do Programa de interiorização voluntária promovido pela Casa Civil do Governo Federal.

Desde os dias 5 e 6 de abril, a Casa do Migrante, que já estava acolhendo 09 migrantes venezuelanos, antes do início do Programa de interiorização voluntária do governo federal, recebeu seis famílias, cerca de 23 pessoas.

Nesta sexta-feira (04), vindos na terceira viagem promovida pelo governo, a Missão Paz recebeu mais 10 migrantes, totalizando 40 migrantes venezuelanos acolhidos, num vôo fretado pelo Exército Brasileiro com chegada prevista em torno das 16h30.

A Missão Paz se disponibilizou para acolher, além de homens solteiros, também mulheres e crianças, totalizando cinco famílias. Essa oferta leva em conta a estrutura da Casa do Migrante que possui 110 vagas, distribuídas da seguinte forma: 85 vagas para homens e 25 para crianças e mulheres. Nela são oferecidos alimentação, material de higiene pessoal, roupas, aulas de português, acompanhamento por parte de assistentes sociais e apoio psicológico. A Casa disponibiliza uma sala de TV, biblioteca, brinquedoteca para as crianças e lavanderia.
 
Convivendo com os venezuelanos recém-chegados, encontram-se também pessoas de, aproximadamente, outras 20 nacionalidades diferentes.

A prefeitura de São Paulo também se prontificou a receber homens e mulheres solteiros e o Governo do Estado algumas famílias.


Missão Paz

A Missão Paz, é uma instituição filantrópica pertencente aos missionários Scalabrinianos. É um complexo institucional situado no Bairro da Liberdade em São Paulo que atua em favor dos imigrantes e refugiados desde os anos 30.

O Complexo compreende: a Igreja Nossa Senhora da Paz, O Centro de Estudos Migratórios (CEM), o Centro Pastoral dos Migrantes, a Casa do Migrante, o Centro Pastoral e de Mediação dos Migrantes (CPMM).

Essa estrutura é capaz de oferecer serviços de documentação; apoio jurídico; assistência social, atendimento psicológico e de saúde, educacional, com cursos de português, palestras interculturais e encaminhamento para cursos profissionalizantes; mediação de trabalho entre empresas e imigrantes (com visitas posteriores de acompanhamento nas empresas, prevenção de trabalho escravo, acolhida e proteção das vítimas).

A Missão Paz é referência na cidade de São Paulo no atendimento os migrantes e refugiados .

Desde sua fundação, nos anos 30, a missão acolheu grande número migrantes italianos, vietnamitas, coreanos, chilenos, bolivianos, paraguaios, peruanos, congoleses, angolanos, nigerianos, colombianos, haitianos, entre tantos outros.

Constantemente a Missão necessita de mantimentos para continuar ajudando aos migrantes que chegam diariamente à sua porta. Muitas doações também são feitas à missão por centenas de anônimos e também empresas, porém, mesmo com toda essa ajuda, ainda não é possível suprir a demanda por alimentos, itens de higiene pessoal, entre outros.

Qualquer pessoa que sinta o desejo de ajudar os migrantes na Missão Paz, pode fazer de várias formas: por doação materiais, doações financeiras e trabalho de voluntariado. Para isso, a instituição disponibiliza um link na internet para informar sobre os procedimentos de doação.

Todos os migrantes que estão residindo temporariamente na Missão Paz estão à procura de um emprego para reconstruírem suas vidas, poder ter um teto para morar definitivamente e manter sua família. Por isso, a missão disponibiliza número de telefone e endereço de mail para quem puder contratar esses migrantes.

Fotos: Miguel Angel Ahumada


Link com informações para doações materiais, financeiras e serviço voluntário, CLIQUE AQUI

Contato para contratação de migrantes ou refugiados.
Mail: trabalho@missaonspaz.org
Fone: (11) 3340-6959

SIGNIS Brasil