Na celebração da festa de São Francisco de Sales, patrono dos jornalistas, o Bispo de Zamora e presidente do Conselho Episcopal de Comunicação da Conferência Episcopal Equatoriana, Dom Walter Heras, expressou suas saudações ao jornalismo Equatoriano e convidou os comunicadores a assumir o "desafio e a missão de informar com a verdade e educar com amor e misericórdia".

 

"Eu encorajo a ocasião de desejar que os jornalistas se comprometam com a causa de Jesus, enfrentar os desafios que a sociedade atual apresenta e apesar de muitos procurar silenciar a verdade, os jornalistas cristãos nunca abandonam sua missão", diz ele para destacar o 24 de janeiro, festa de San Francisco de Sales.

 

Referindo-se à mensagem do Papa Francisco para o Dia Mundial das Comunicações Sociais, que neste ano de 2018 tem como tema "A verdade te libertará" (Jo 8, 32). Notícias falsas e jornalismo da paz", e que foi tornado público na quarta-feira, 24 de janeiro, Monsenhor Heras insistiu que o jornalismo é chamado a "informar a verdade e educar com amor e misericórdia". 

 

"Que São Francisco de Sales, referente da comunicação católica, interceda por todos os jornalistas e os faça discípulos e missionários da comunicação da verdade, dia feliz", diz ele.

 

A saudação do bispo equatoriano foi compartilhada durante a Missa de Ação de Graças para o jornalismo equatoriano e latino-americano que se realizou na noite de quarta-feira, 24 de janeiro, na sede da Associação Latino-Americana e do Caribe de Comunicação, SIGNIS ALC, em conjunto com a Associação dos Comunicadores Católicos do Equador, SIGNIS Equador, presidida pelo Pe. Johny Hermida.

 

 

SIGNIS ALC