A ABERT divulgou alguns dos painéis e oficinas do 28º Congresso Brasileiro de Radiodifusão, considerado o maior encontro do setor de rádio e TV do Brasil. Radiodifusores, empresários do setor, especialistas internacionais em tecnologia, rádio e TV debatem, nos dias 21 e 22 de agosto, no Centro de Convenções Brasil 21, em Brasília, o processo de transformação das emissoras de rádio e TV e o impacto no modelo de negócio das empresas e na forma de consumir informação.


Os painéis e oficinas já foram definidos. No painel “Os desafios mercadológicos impostos pela tecnologia”, o participante poderá discutir desafios das novas mídias e as formas do rádio e da TV acompanharem as transformações.


Em seguida, os participantes podem participar das oficinas “Aumentando receita das pequenas emissoras”, “Novas plataformas de mídias e inconsistências regulatórias”, “Os desafios mercadológicos impostos pela propaganda programática” e “Trocando despesas por automação”. No painel “Rádio – uma mídia local e interativa. Esse é o futuro?”, o debate será em torno da expectativa para esta mídia com a migração para o FM.


De acordo com o diretor geral da ABERT, Luis Roberto Antonik, os palestrantes trarão experiência e cases de sucesso no Brasil e no exterior. "Queremos que os participantes de nosso congresso tenham a oportunidade de conhecer e debater modelos positivos e que levem, na bagagem, conteúdo de qualidade”, afirma Antonik.


Com o tema “Somos rádio e televisão: informação e entretenimento gratuitos com credibilidade. Somos Brasil!”, o evento acontecerá no Centro de Convenções Brasil 21 e terá a presença do presidente da República, Michel Temer, em sua abertura.

 



Signis Brasil/TudoRádio