Desde quinta-feira, dia 22, os moradores de Franca, Ribeirão Preto e mais 43 cidades do interior de São Paulo já usam exclusivamente o sinal digital de TV.

Na próxima quarta-feira, dia 28, Florianópolis (SC) e mais quatro cidades catarinenses passarão pelo mesmo processo de transição.

As cidades de Juazeiro do Norte e Sobral, no Ceará, com previsão inicial de desligamento para fevereiro, tiveram o cronograma adiado pelo Gired (grupo responsável pela implantação da TV digital no Brasil) para o dia 28 de agosto. Segundo portaria do governo, o índice mínimo exigido para o fim das transmissões analógicas é de 90%.

"O importante é que a população se prepare para não perder sua programação preferida. Queremos que todos continuem tendo em suas casas as informações, serviços e entretenimento gratuitos que apenas a TV aberta oferece", afirma o diretor geral da ABERT, Luis Roberto Antonik.

O sinal digital chegará no mês de março aos moradores de Porto Alegre e mais 107 cidades do Rio Grande do Sul, São Luís e outros 10 municípios do Maranhão, além de Bauru, Presidente Prudente e São José do Rio Preto, em São Paulo.

Em maio, mais de 80 cidades terão o novo sinal de TV. Entre elas as capitais Aracajú (SE), Belém (PA), João Pessoa (PB), Manaus (AM), Natal (RN) e Teresina (PI). O Gired irá se reunir no final do mês de março para apresentar a pesquisa de aferição do sinal digital nessas regiões.

Conversores digitais - Os kits digitais compostos por conversor, antena e controle remoto continuam sendo distribuídos gratuitamente para famílias que participam de programas sociais do governo federal, como o Minha Casa Minha Vida, Bolsa Família e Luz para Todos. Para agendar a retirada é só ligar gratuitamente para o número 147.



Signis Brasil/ABERT